Fidelização de clientes: dicas e boas práticas! - Home
Dicas
Fidelização de clientes: dicas e boas práticas!

Fidelização de clientes: dicas e boas práticas!

Se a sua empresa ainda não investe em estratégias de fidelização de clientes ela está perdendo oportunidades. Atrair mais público é cada vez mais importante, mas é também preciso não esquecer de cuidar daqueles clientes que já confiaram no negócio.

Essas ações são fundamentais para garantir o crescimento da empresa no mercado e também promover a sua diferenciação. Além disso, quando há a fidelização do público, há uma previsibilidade maior da receita e aumento do faturamento, já que há entradas desses clientes antigos e dos novos que estão sendo conquistados.

Neste artigo você vai descobrir que fidelizar clientes não tem nenhum segredo. Continue lendo para conferir algumas dicas e boas práticas que vão contribuir para manter essas pessoas sempre por perto!

Diversifique os meios de pagamentos 

Hoje em dia o consumidor tem à sua disposição diversos meios e tecnologias para fazer o pagamento das compras. Sua empresa precisa acompanhar essas tendências e diversificar os métodos disponibilizados para que o cliente tenha um maior poder de decisão.

O cartão de crédito já é um velho conhecido, mas você não pode se esquecer de acompanhar as tendências de pagamento que estão surgindo. O Pix, por exemplo, está se tornando praticamente obrigatório em lojas físicas e online. Segundo o Banco Central, só em fevereiro de 2021 já havia 408,6 milhões de chaves ativas no Brasil. No mesmo mês, foram realizadas 1,1, bilhão de operações. 

Também é interessante oferecer o Boleto Parcelado, que vem como uma alternativa ao cartão de crédito, que o cliente pode parcelar suas compras sem conta bancária ou sem comprometer o limite do cartão.

Aumente a qualidade do atendimento 

Um bom atendimento faz o cliente voltar, por isso, essa deve ser uma das suas prioridades. A equipe deve estar pronta e bem treinada para atender o seu público de acordo com o perfil dele e suas expectativas.

Mas não é só isso porque você também precisa investir na omnicanalidade, ou seja, oferecer diversos canais para o cliente comprar e interagir com a sua marca. Esses canais devem estar integrados para proporcionar uma melhor experiência. Essa é uma estratégia fundamental, uma vez que 73% dos compradores combinam o meio físico e o digital na hora de fazer compras.

Cultive uma boa relação com o cliente

Hoje em dia o cliente não está em busca apenas de um bom preço. Ele quer uma experiência positiva com a empresa. Por isso, a partir do primeiro contato com essa pessoa é preciso dar início a uma relação saudável.

É indispensável investir em marketing de relacionamento para se fazer presente no dia a dia do consumidor e complementar suas estratégias de fidelização de clientes.

Ofereça experiências únicas e personalizadas. Esteja sempre por perto para quando o consumidor precisar. Gere identificação com a sua marca. Ou seja, não deixe que as pessoas esqueçam a sua empresa, e sempre tenha algo de útil para elas.

Crie programas de fidelidade

A fidelização de clientes também envolve vantagens. Por que as pessoas devem optar pela sua empresa e não pelo concorrente? Os programas de fidelidade que ajudam a trazer esse diferencial, os benefícios que o público está em busca para optar por essa ou por aquela marca.

Ter um clube de vantagens, por exemplo, é uma estratégia de fidelização, assim como dar descontos progressivos e promoções especiais para clientes antigos. Adote a estratégia que fizer mais sentido para o seu público.

Invista na segurança da loja ou site 

O consumidor também está cada vez mais atento à questão segurança, em especial devido ao aumento do consumo pela internet. Sendo assim, você precisa garantir que a sua loja virtual ou o site da sua empresa sejam espaços seguros para fazer compras, compartilhar dados ou informações.

Esse é um tema de grande importância não apenas para o seu cliente, mas também para sua empresa. Afinal, só em 2021 foi evitado um prejuízo de R$5,8 bilhões em operações potencialmente fraudulentas, um aumento de 74% nas tentativas de fraude em relação a 2020.

Sendo assim é fundamental investir em um sistema antifraude eficiente, como a ferramenta da Koin, que faz análises mais completas e com menos atrito, a fim de aumentar as conversões de pedidos legítimos, reconhecendo de uma forma eficiente as tentativas de fraude para que sejam barradas. 

Realize um bom pós-venda

Não há como resumir o pós-venda ao envio de um e-mail para agradecer a compra. Essa estratégia deve envolver muito mais ações para que você consiga promover a fidelização de clientes nessa etapa da jornada de vendas.

É preciso ter uma boa estrutura de processos para garantir que o cliente consiga esclarecer dúvidas se for necessário, receba suporte e instruções, possa fazer reclamações, trocas ou qualquer outra ação. Tudo isso impacta de forma direta na satisfação dele.

É preciso lembrar também de ações que serão realizadas com o intuito de continuar a relação com esse cliente. A mensagem de agradecimento é importante, mas é necessário manter a comunicação enviando conteúdos úteis, sugerindo produtos relacionados, oferecendo descontos e ofertas exclusivos, cumprimentando por datas especiais, e assim por diante.

Entregue valor para o cliente

Vender somente produtos ou serviços aos clientes não é o suficiente. As soluções disponibilizadas devem entregar algum tipo de valor, ou seja, promover algum impacto positivo na vida das pessoas e garantir uma experiência positiva para elas.

É fundamental encantar o público, portanto, é necessário desenvolver diferenciais que vão agregar valor a essa experiência e farão com que o cliente prefira fazer negócios com a sua empresa em vez de ir para a concorrência. Essa preferência se dá porque com o seu negócio ele encontra mais vantagens e benefícios.

Aprimore os processos com base no feedback do cliente

Tenha muita atenção às mensagens enviadas pelos seus clientes. Observe os comentários, considere tudo o que essas pessoas têm a dizer porque a opinião delas é um material muito rico para que ocorra a promoção de mudanças no seu negócio, aprimorando cada vez mais os processos.

Os problemas e as reclamações são na verdade uma oportunidade para elevar a qualidade dos serviços oferecidos. Tenha como base esses dados e informações para que as suas tomadas de decisão sejam mais assertivas.

Otimizar processos para reduzir a burocracia

Você já ouviu falar no mapeamento da jornada do cliente? Essa estratégia consiste em representar de uma maneira visual todas as etapas pelas quais um cliente precisa passar, do primeiro contato com a empresa até a finalização de uma compra.

Isso ajuda a entender o caminho percorrido por essas pessoas para identificação de possíveis falhas ou etapas desnecessárias. O objetivo é eliminar o excesso de burocracia, simplificando ao máximo a jornada.

Faça um mapeamento de como acontece a experiência de interação com a sua marca e, então, otimize os processos para que eles se tornem cada vez mais simples e ágeis.

Todas essas dicas de fidelização de clientes são muito válidas, mas elas podem falhar se você não conhecer bem o seu público e o mercado. A análise deles é indispensável para atender as expectativas e acompanhar as tendências. Assim desenvolverá diferenciais que vão entregar mais valor para o seu cliente, destacando sua empresa e ganhando confiança do consumidor.

A Koin pode ajudar você a desenvolver os diferenciais que precisa para se destacar. Acesse o site para conhecer as soluções disponíveis!

2 thoughts on “Fidelização de clientes: dicas e boas práticas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

logo

A KOIN é uma instituição de pagamento, obedece às premissas da Lei nº 12.865, de 9 de outubro de 2013, e aos regulamentos e circulares do Banco Central do Brasil. A KOIN não é uma instituição financeira mas atua como correspondente bancária da BMP Money Plus Sociedade de Crédito Direto S.A., CNPJ n.º 34.337.707/0001-00, nos termos da Resolução nº. 3.954, de 24 de fevereiro de 2011, do Banco Central do Brasil.