Empréstimo para PME ou Capital Próprio: Entenda qual a melhor opção!
Negócios
Empréstimo para PME ou Capital Próprio: Entenda qual a melhor opção!

Empréstimo para PME ou Capital Próprio: Entenda qual a melhor opção!

Quem está com planos de impulsionar o seu empreendimento pode ter dúvidas se vale a pena pegar um empréstimo para PME ou utilizar Capital Próprio para expandir o negócio. Muitas pessoas não têm recursos suficientes para esse tipo de investimento, por isso mesmo, o empréstimo para PME acaba sendo uma solução. 

A decisão, no entanto, deve ser tomada com cautela para não comprometer seriamente a saúde financeira da empresa em questão. É importante avaliar, por exemplo, o impacto dos juros nas parcelas e a capacidade de pagamento das prestações. 

Quer descobrir qual a melhor opção para impulsionar o seu negócio? Acompanhe a seguir e confira mais informações sobre empréstimo para PME e Capital Próprio! 

Como cada modelo de empréstimo funciona? 

O empréstimo para PME (Pequena e Média Empresa) é uma modalidade de linha de crédito destinada especificamente a MEIs, micro, pequenos e médios empreendedores. O objetivo desse tipo de empréstimo é auxiliar os proprietários a manterem as finanças do negócio sempre em equilíbrio. 

Já o Capital Próprio representa o capital líquido da empresa, ou seja, todo o patrimônio que os sócios, proprietários e acionistas têm. O Capital Próprio é obtido a partir da diferença entre os ativos e os passivos, representando a soma do capital social e suas variações, além dos lucros e reservas. 

Para entender qual das modalidades de empréstimo é mais vantajosa para o crescimento do seu empreendimento, confira a seguir as principais características e benefícios de cada alternativa! 

PME 

O empréstimo para PME conta com linhas de crédito específicas que consideram informações e indicadores sobre a empresa, o segmento de atuação e a finalidade de uso do valor emprestado. A contratação dessa modalidade pode ser feita diretamente em instituições financeiras, como bancos, fintechs e correspondentes bancários. 

Em geral, o empréstimo para PME é utilizado para custear investimentos, como compra de maquinário, para expandir o negócio ou, até mesmo, para pagar contas e dívidas. O empréstimo para PME só deve ser feito quando o empreendimento realmente necessitar ou quando tiver um objetivo bem definido. É importante avaliar se realmente o empréstimo é uma opção válida e proveitosa. 

Uma das maiores vantagens dessa alternativa de crédito é que a empresa não fica descapitalizada, consegue manter o crescimento e financiar as suas atividades cotidianas. No entanto, a empresa terá que arcar com taxas de juros pré-fixadas, podendo ter o negócio impactado com possíveis riscos devido às dívidas. 

É sempre interessante avaliar os recursos disponíveis e o valor estimado da dívida do empréstimo PME. Reflita se realmente vale a pena esperar ou solicitar o montante. A avaliação deve ser feita pelo empresário antes que a decisão seja tomada, levando em consideração o capital necessário a ser investido e os objetivos do empreendimento. 

Capital Próprio 

Já o Capital Próprio não cria dívidas ou taxas, mas por um lado limita a empresa a crescer de acordo com a atual situação financeira. Basicamente, o Capital Próprio é a parcela de recurso disponível para os negócios que advém de sócios, acionistas ou do lucro obtido das operações. 

O Capital Próprio é um importante componente de um empreendimento, tendo em vista que ele representa o patrimônio líquido da empresa. É o Capital Próprio que garante o capital de giro e que as atividades funcionem adequadamente. Mesmo assim, nem sempre o Capital Próprio é suficiente para o pleno desenvolvimento dos projetos de lucratividade. 

Existem vantagens e desvantagens de optar pelo Capital Próprio. Primeiro, não há o pagamento de juros ou taxas sobre o montante, afinal, o retorno do capital do investimento é a divisão dos lucros. Além disso, há mais liberdade para a aplicação do valor. Quando a empresa lida com capital de terceiros, por exemplo, o negócio pode ser pressionado a pagar o mais rápido possível a dívida. 

A desvantagem é que os riscos são assumidos por ambas as partes: pelo empreendimento e pelos sócios. Caso ocorra prejuízos, não haverá divisão de lucros ou retorno. Por isso, o uso de Capital Próprio pode acabar limitando a expansão do negócio. Nem sempre tal alternativa é capaz de financiar projetos, e ainda pode impedir que a

empresa aproveite oportunidades e acompanhe as necessidades do mercado, por exemplo.

Afinal, qual a melhor opção: PME ou Capital Próprio? 

A modalidade de empréstimo para PME acaba representando uma das melhores opções para os empreendimentos que desejam ampliar suas atividades, executar projetos ou expandir suas operações. Se tudo correr bem, os lucros também serão maiores. A desvantagem, nesse caso, é que a empresa é obrigada a gerar lucro suficiente para pagar a dívida e os juros.

Já o Capital Próprio, por outro lado, não oferece a mesma perspectiva de expansão, uma vez que o crescimento fica limitado ao que o capital permite. Nesse caso, o crescimento é mais orgânico, baseado apenas no reinvestimento de parte do lucro. Mesmo assim, a escolha entre PME e Capital Próprio depende de uma série de fatores. 

De fato, contar com Capital Próprio é mais lento, uma vez que a empresa não cresce tanto quanto cresceria se utilizasse empréstimos. Ao buscar recursos externos, o empresário deve estar preparado e desenvolver ações estratégicas e de gestão para manter o orçamento em dia. 

Hoje, com a estabilização da economia e o fortalecimento do mercado de capitais, além das diversas iniciativas públicas de incentivo à inovação e à criação de projetos, o que se percebe no país é um significativo aumento da atividade de investidores. No caso de empréstimo para PME, é necessário avaliar se o retorno adicional gerado será suficiente para arcar com a dívida. 

O empréstimo para PME da Koin pode ser a solução ideal para o seu empreendimento avançar. A linha de crédito é voltada para pequenas e médias empresas que precisam crescer e impulsionar o negócio. São diversas as vantagens que o empréstimo da Koin oferece: dinheiro na conta em até 72 horas, flexibilidade de pagamento, contratação simples e sem burocracia, empréstimo 100% online e seguro, taxas personalizadas ao seu negócio e muito mais!

Quer saber mais sobre a alternativa de empréstimo para PME da Koin? Entre em contato agora mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

logo

A KOIN é uma instituição de pagamento, obedece às premissas da Lei nº 12.865, de 9 de outubro de 2013, e aos regulamentos e circulares do Banco Central do Brasil. A KOIN não é uma instituição financeira mas atua como correspondente bancária da BMP Money Plus Sociedade de Crédito Direto S.A., CNPJ n.º 34.337.707/0001-00, nos termos da Resolução nº. 3.954, de 24 de fevereiro de 2011, do Banco Central do Brasil.